Empresa de telemarketing migra para o ACL e reduz custo com energia

Data: 05/12/2018 - 11:30

call-center-1015274_960_720

A empresa de telemarketing TMKT conseguiu reduzir seus gastos com energia em 20% entrando para o mercado livre de energia. Na categoria “consumidor especial”, a empresa passa a escolher seus fornecedores e consome energia renovável. Iniciado em junho de 2018, a operação contou com o assessoria da Thymos Energia, que cuidou de todo o processo de migração da sede da empresa, que fica em Poá, no interior de São Paulo.Após concluída essa etapa, a Thymos passou a cuidar da gestão de energia da TMKT, da inteligência de mercado na área de energia elétrica e a representar a empresa de marketing na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). A consultoria está auxiliando também a migração de outra unidade da empresa, que fica em São Paulo (SP).A redução de custos é fator-chave na atração de empresas para o ambiente livre de energia, ainda pouco conhecido pela população. Para Sami Grynwald, gerente na Thymos, esse é um dos principais desafios. “Além de apresentar o mercado livre para a empresa e vencer algumas barreiras iniciais, o trabalho da consultoria demonstrou para o cliente todas as etapas operacionais necessárias e como concluí-las, incluindo a contratação da energia em si, o cumprimento das obrigações fiscais e a adesão à CCEE”, explica Grynwald.

Empresas com consumo superior a 500kW podem migrar o mercado livre com a condição de que a energia adquirida seja de fonte incentivada – ou seja, energia renovável. Este é o caso da TMKT. Já os consumidores com demanda igual ou superior a 3MW podem contratar energia de qualquer fonte.

Fonte: CanalEnergia