Governo quer volta de usina no Ceará

Data: 02/10/2018 - 13:09

termelétrica

O governo federal pretende autorizar medidas excepcionais para permitir a retomada das operações de uma termelétrica em Fortaleza, no Ceará, operada pela italiana Enel, após a usina ficar parada por desentendimentos entre a empresa e a estatal Petrobras sobre o custo do gás para abastecer a unidade.

Segundo portaria do Ministério de Minas e Energia no Diário Oficial da União desta segunda-feira (01), a Pasta abriu consulta pública sobre uma proposta de autorização “em caráter excepcional” para que a térmica possa operar por 90 dias.

Nesse período, os custos extras gerados pela retomada das operações da usina seriam bancados por encargos cobrados dos consumidores de energia, os chamados Encargos de Serviços de Sistema (ESS), de acordo com a proposta apresentada pelo governo.

Fonte: UDOP